Despachante de visto americano, despachante de visto canadense, despachante de visto australiano, despachante para passaporte…

Não importa o destino, há pessoas no mercado que oferecem o serviço de despachante para visto, com a função de fazer todo o trabalho burocrático do visto, que envolve preencher formulários, questionários, organizar documentos, realizar pagamentos, agendar entrevista (quando necessário)… Ou seja, uma pessoa que assessora todo o processo de visto.

Muita gente pergunta para mim se vale a pena contratar um despachante…

Na minha opinião, depende. Cada caso é um caso. Cada um precisa fazer uma reflexão sobre o dinheiro gasto com isso, o tempo e a burocracia.

Eu sou o tipo de pessoa “faça você mesmo”… Tirei passaporte, visto canadense, visto americano, “carteira internacional de motorista” e NÃO contratei nenhum despachante. E, não tive o menor problema para conseguir nenhum visto. Não tive nenhum processo negado nenhuma vez.

Despachante visto americano

Poderia até pagar alguém para fazer isso para mim. Porém, acho legal economizar esse dinheiro e gastar na própria viagem, mesmo com a burocracia. Um despachante não é barato. Custa em média R$ 800,00 para fazer um processo de visto (em 2014). Grana a mais na viagem é sempre bom, né?

E, especificamente nesses serviços de viagem, não quero pagar por algo que eu consigo fazer. E, principalmente, não me sinto confortável de expor dados pessoais, números de documentos e do dinheiro, do trabalho.

Tem burocracia. Mas, não é nada aterrador, embora possa ser um pouco inquietante e fatigante. Sobre a questão do tempo, a maioria dos processos de visto possui tempo significativo para conseguir enviar tudo que se pede (geralmente, 2 meses… varia). É possível ir fazendo aos poucos, cada um ao seu tempo.

Os sites dos processos de visto são muito explicativos. E, se surgir alguma dúvida que não consiga visualizar dentro do sistema, é possível esclarecer via internet em blogs de viagem, fóruns.

E acrescento mais: pagar alguém para fazer esse processo NÃO é garantia de conseguir o visto. Muita gente pensa que ao contratar o despachante, o visto está garantido. Ele vai fazer o mesmo que você pode fazer quanto à papelada.

Por outro lado, há aquelas pessoas que possuem um tempo muito escasso, mesmo nos fins de semana. Ou, então não querem lidar com nenhum tipo de burocracia. E, até mesmo, gente que não possui intimidade em lidar com o computador e não tem ninguém que possa ajudar. Nessas situações, pode ser interessante esse tipo de serviço de viagem.

E você? O que acha? Acha válido contratar um despachante para visto e esses outros serviços de viagem? Comente!

  • Thais Silva

    Bem, na minha opinião eu não tive boa esperiência com despachante, o ano passado eu fui solicitar o visto para o canada atraves de um Despachante muito recomendado, envie todos os documentos financeiros e que provava laços fortes com o Brasil. Quando meus documentos chegou na agencia, eles informaram que eu precisaria ter um valor alto em conta, valores este que geralmente o consualdo do canada exige para quem vai estudar ou ficar muito tempo no Páis. No meu caso eu só iria ficar 11 dias.

    O consulado do canada exige estes documentos financeiros:

    I.
    IRPF (Imposto de Renda Pessoa
    Física) – Deverá apresentar a declaração de Imposto de Renda completa
    com o Recibo da Entrega da declaração.

    II.
    Comprovante de renda mensal
    (salário) – Deverá apresentar os 03 últimos comprovantes de renda
    mensal. No meu caso eu apresentei pró-labore, os três ultimos.

    III.
    Comprovante de recursos
    disponíveis em conta bancária – Deverá apresentar
    os recursos disponíveis nos últimos 90 dias (03 meses). Esses recursos podem
    estar em Conta corrente, Conta poupança ou investimentos de renda fixa. O valor
    a ser comprovado deverá garantir os valores do programa + passagens + no mínimo
    CND$ 1.500 por mês de estada no Canadá. Caso os valores de curso e passagens já
    tenham sido pagos, incluir cópias destes recibos. O consulado aceita
    investimentos, desde que não sejam ações nem previdência, ou fundos ligados a
    esses tipos. No meu caso a unica coisa que eu tinah pago foi a hospedagem do Hotel, o restante o dinheiro estava em conta corrente, e tinha dinheiro suficiente para tudo isso que o consulado exige. No entanto a agencia queria valores altissimos. Desistir do processo meus documentos nem foram em caminhados para o consualdo pedir tudo de volta inclusive a taxa que se paga para solicitação do visto.

    Então minha esperiência não foi boa, este ano vou solicitar , mas desta ves online . Até cogitei em solicitar por outra agencia mas não estou com vontade de fazer isso.

    • http://www.viagemdigital.com.br/ Viagem Digital

      Querida Thaís,

      Obrigada por compartilhar aqui a sua experiência! É sempre muito bom pessoas que dedicam um pouco do seu tempo para contar o que se passou.

      O que penso é que o despachante vai fazer o mesmo que a gente pode fazer, não é mesmo? E, no caso do visto canadense, será feita toda a aplicação on line. Sobre visto para o Canadá: http://www.viagemdigital.com.br/visto-canada-passo-a-passo-com-aplicacao-on-line/

      Sobre comprovantes financeiros, isso é muito comum em pedidos de visto mesmo. Inclusive, para o visto canadense, na relação de documentos solicitados, há a “prova de meios de apoio financeiro”, em que a pessoa que está requerendo o visto precisa anexar comprovantes de renda. O governo quer saber se o solicitante tem como se manter mesmo no tempo de viagem e ter certeza que não está indo para ficar, sem vistos legais para essa categoria. Só não sei se realmente precisava estipular valores tão altos, né?

      Bem, querida, desejo-lhe boa sorte no seu pedido de visto! O importante é apresentar todos os dados que a imigração pede. Se conseguir, conte-me! Beijinhos. Cris.

      • Thais Silva

        Exatamente,
        o consulado quer saber se a pessoa te como se manter no canada. é por este
        motivo que eles pedem a solicitação de documentos financeiros, não só para ver se a pessoa tem como se manter no canada mas para provar vínculos com o Brasil.

        O que não concordei é que o valor que eles da agencia solicitaram era valores altos demais, que só pessoas que fossem ficar um período mais de um mês, ou estudar é que deveriam possuir. O meu caso não era esse, mas vele lembra que nem todas os despachantes são iguais. e eles vão fazer tudo que nós vamos fazer se aplicarmos sozinhos.

        Obrigada Cris.

      • http://www.viagemdigital.com.br/ Viagem Digital

        Thais,

        Obrigada por voltar aqui! Entendi! Realmente, é como você disse, nem todos os despachantes são iguais.

        Ótimo dia!

        Beijinhos. Cris.

  • Cristiano

    Este ano tirei o visto para os EUA, no início cogitei a hipótese de contratar este serviço de um despachante, porque nunca tirei visto para nenhum país e várias pessoas com quem conversei o fizeram antes do processo mudar. No final resolvi encarar, pois como você disse não é um serviço barato e eu ainda teria que gastar mais dinheiro para me deslocar para o Rio já que moro em Belo Horizonte e ainda não há emissão de visto para os EUA aqui.

    Não achei o processo difícil, é um pouco cansativo pelo tamanho do questionário que você preenche, mas o que mais achei necessário é ter organização para juntar os documentos que você possa a vir precisar para provar o que respondeu no questionário. O site da embaixada dos EUA também há muita informação que facilita muito o preenchimento e o agendamento da entrevista. Bom no final deu tudo certo e não tive nenhum problema, agora é só viajar!

    • http://www.viagemdigital.com.br/ Viagem Digital

      Oi Cris,

      Obrigada por deixar aqui o seu comentário! Certamente, estimulará outros viajantes a não ter medo de passar por esse processo! Dá trabalho, mas vale a pena, não é mesmo?

      Beijinhos. Cris.

  • Suellen Santos

    Olá gente. Tenho uma dúvida. Vi em alguns comentários a importância de apresentar o imposto de renda. Meu salário não alcança o valor exigido anualmente para ter de declarar o imposto de renda. Neste caso, o que deve apresentar?

    obrigada!

    • http://www.viagemdigital.com.br/ Viagem Digital

      Suellen,

      Obrigada por seu comentário!

      Consulte as informações que cada país solicita com relação aos documentos financeiros para visto. Há solicitações específicas de cada país. Você não disse para qual lugar é o visto.

      Bem, há casos que a pessoa não é a responsável financeira e precisa apresentar alguns documentos dos pais, do cônjuge, por exemplo.

      De qualquer forma, é importante apresentar quaisquer documentos financeiros que comprovem ganhos financeiros (extratos bancários, comprovante salarial).

      Além disso, documentos que comprovem vínculos com o Brasil (de estudo, de trabalho, por exemplo) são importantes!

      Espero tê-la ajudado!

      Abraços, Cris.

  • http://www.viagemdigital.com.br/ Viagem Digital

    Olá Suellen,

    Normalmente, conta como favorável sim!

    Sobre ser mais fácil para conseguir o visto fazer on line ou ir em uma unidade da VAC, só posso relatar a minha experiência. Eu fiz tudo da aplicação on line! É bem mais prático.

    Sobre visto para o Canadá, há dois posts interessantes no VIAGEM DIGITAL que talvez lhe ajude:

    http://www.viagemdigital.com.br/visto-canadense-brasileiros/

    http://www.viagemdigital.com.br/visto-canada-passo-a-passo-com-aplicacao-on-line/

    Abraços! Espero que lhe ajude!

    Cris.