Muita gente está optando pelos cruzeiros como uma alternativa de viagem. O cruzeiro marítimo é um tipo de viagem totalmente diferente. Hoje em dia, o mercado de turismo oferece vários tipos de tamanhos de cruzeiros – cinco dias (mini-cruzeiro), sete dias, quinze dias, vinte dias…

As empresas que prestam esse serviço mais ou menos seguem todas um mesmo padrão de serviço, com algumas pequenas variações. Basicamente é tudo a mesma coisa.

Quando alguém vai comprar uma viagem de cruzeiro, dúvidas sempre surgem, especialmente se é a primeira vez da pessoa nesse tipo de viagem. Como funciona a viagem dentro de um cruzeiro?

Manual da viagem de cruzeiro

Aproveitar uma viagem de cruzeiro requer que você tenha algum planejamento, pois há muita coisa pra fazer e pouco tempo para aproveitar tudo. (Foto: divulgação)

Como é uma viagem de cruzeiro?

Muita gente fica pensando: o que eu vou ficar fazendo dentro de um navio? Dormindo? Nada disso! No próprio navio há diversas atividades durante todo o dia. As atividades visam atender os diversos tipos de público que o navio leva (jovens, casados, idosos, crianças, solteiros, família). Todos os dias, os passageiros recebem a programação a bordo com todas as atividades disponíveis. O cruzeiro é uma ótima opção para viagem em família e entre amigos. Há várias atividades gratuitas programadas!

A diversão não para aqui! Piscina, jacuzzi, brincadeiras, shows, cinema, oficinas, palestras, atividades físicas coletivas, danceteria, etc. As atividades irão depender de cada cruzeiro. Há navios que até possuem cassinos.

Durante as paradas nos portos, os passageiros podem descer e conhecer um pouco mais a cidade que está visitando.

E o passageiro que quiser pode também simplesmente curtir sua viagem sem compromisso.

A viagem de navio é muito organizada e toda a equipe que trabalha no navio é muito bem treinada para receber os turistas e para fazer tudo dar certo. É um trabalho impressionante.

Funcionamento de um cruzeiro

A diversão é garantida, e uma equipe de centenas de pessoas garante que tudo funcionará perfeitamente. (Foto: divulgação)

Como são as refeições em um navio?

Geralmente, as refeições nos restaurantes seguem tudo um mesmo padrão. O navio é composto por vários restaurantes espalhados. O café da manhã é servido em um deles com buffet livre. O almoço segue essa mesma lógica. Para o jantar, a pessoa pode escolher comer no mesmo lugar do almoço ou no restaurante mais chique que só abre no período da noite (esse último é a la carte). Quando você compra o seu cruzeiro, você escolhe o seu horário de jantar nesse restaurante. Todos os dias, no seu horário escolhido, haverá uma mesa reservada para você. Além disso, há outros pontos de restaurantes – pizzaria, lanches rápidos, cafeterias. Há várias opções de comida – da saudável ao “junk food”. Quando você compra uma viagem de cruzeiro, todas as refeições estão incluídas. A maioria dos pontos de alimentação do navio é liberada para todos os passageiros. E, somente alguns poucos locais de alimentação deverá ser pago à parte (algum de especialidade específica, cafeteria). Durante as refeições, os passageiros podem beber água, refrescos e chás que estão incluídos nesse pagamento. Existem aquelas máquinas de bebidas, que o passageiro se serve.

Atividades para fazer em cruzeiro

Tanta coisa para fazer em um cruzeiro que você vai terminar com gosto de quero mais. (Foto: divulgação)

E as bebidas alcoólicas no navio?

Essa é uma das maiores dúvidas de quem vai embarcar! No ato da compra do “pacote do navio”, o passageiro pode escolher o que tem bebidas alcoólicas. O preço do pacote no navio com bebidas alcoólicas é bem mais elevado. Por isso, se a pessoa bebe pouco, não vale a pena incluir esse tipo de bebida no seu pacote de refeição. Algumas empresas permitem que cada passageiro possa levar 2 garrafas de vinho para o consumo à bordo. Você deve verificar isso diretamente com a empresa do navio.

O passageiro pode optar por pagar o pacote do “refil de refrigerante”. O viajante ganha um copo térmico da empresa do navio e pode se esbaldar de refrigerante durante toda a viagem, sem limites.

Há “pacotes de bebidas” para garrafas de água também.

E se a pessoa resolver beber algo e não tiver comprado o pacote com bebida alcoólica? Se isso acontecer poderá comprar nos restaurantes/bares do navio e será debitada posteriormente na conta. O preço é bem mais caro. Por isso, é para quem tiver vontade de beber um drink ou outro… Quando fiz um cruzeiro, não incluí bebidas alcoólicas! Não fez falta quando fizemos um  cruzeiro para as Bahamas.

Serviços opcionais no navio

Leia-se: serviços que você paga à parte. Você pode optar por usar outros serviços que não estão inclusos no seu pacote de viagem do navio. Pode-se citar: excursões/passeios que são realizadas nos portos de parada, o SPA (manicure/pedicure, massagens, várias opções de tratamentos estéticos), pacote de bebidas, pacote de vinhos, pacote de garrafas de água, jantares em restaurantes especializados).

O que levar em uma viagem de navio?

Roupas informais são o que você mais vai usar. É como se você estivesse em um grande clube com cabines. Shorts, camisas, bermudas, saias, camisetas, vestidinhos, saídas de praia e roupa de banho (maiô, sunga, biquíni). Não é permitido andar pelos corredores e pelos restaurantes com traje de banho. Lembre-se disso!

Para o jantar com o comandante, os passageiros devem se vestir de forma mais formal. Aconselha-se vestido para mulheres. O longo é opcional. E terno e gravata para os homens. Quando fiz um cruzeiro em Miami, a vestimenta era formal, mas nada exagerado. Não é um evento “black tie”. Para mulheres, a combinação vestido tubinho + blazer é uma ótima alternativa.

Qual é a documentação que devo levar para uma viagem de navio?

Para cruzeiros nacionais, os brasileiros devem levar a carteira de identidade válida (RG) ou qualquer documento de identificação com foto válido no Brasil (CNH, CREA, OAB, etc…)

Para cruzeiros internacionais pelos países do Mercosul, os brasileiros devem levar a carteira de identidade (RG) emitida pela Secretária de Segurança Pública, em bom estado com, no máximo, 10 anos de emissão. Ou, então, passaporte com validade de pelo menos 6 meses antes de sua expiração.

Para cruzeiros internacionais pelo mundo, os brasileiros precisam levar o passaporte válido para todos os países que o navio fizer escala, com validade de até 6 meses antes de sua expiração. Além disso, dependendo do país que o navio vai atracar, é preciso também ter o visto de entrada no país. Por isso, antes de comprar qualquer pacote de navio para o exterior, verifique as exigências de cada país.