Quando alguém decide viajar para outro país, a primeira dúvida que vem à cabeça é se precisa de visto, passaporte e quais os documentos necessários.

Argentina precisa de visto? Quais os documentos necessários para visitar esse país? A Argentina tem sido alvo de muitos brasileiros. Há muitas vantagens em conhecer esse lugar. Muitas vezes, sai mais barato que viajar para o nordeste brasileiro. Um dos motivos que faz tanto sucesso.

Não importa se comprou um pacote de viagem para a Argentina ou se vai viajar por conta própria, o turista precisa saber toda a documentação de viagem necessária.

Quais documentos brasileiros precisam para viajar para a Argentina?

Brasileiros que irão visitar a Argentina como turistas não precisam de visto. Os documentos exigidos para ingressar nesse país são: passaporte ou apenas a carteira de identidade atualizada (menos de 10 anos desde a data de emissão).

Burocracia para viajar para Argentina

Ao viajar para a Argentina, um país do Mercosul, é importante garantir que você está levando todos os documentos necessários para não ter problemas burocráticos. (Foto: www.freeflagicons.com)

Quem não tem passaporte, não precisa tirar só por que vai para a Argentina. O documento de identidade vale! Isso faz parte do acordo sobre documentos de viagem dos estados membros do Mercosul. É importante ressaltar que o documento deve estar em bom estado. Nada de usar um RG “caindo os pedaços”.

Não vale de jeito nenhum: carteira de motorista, certidão de nascimento. O que vale são apenas os documentos descritos acima.

Quando visitei Buenos Aires, usei somente a identidade. No entanto, se fosse nos tempos atuais, teria tirado o passaporte para levar por que para o turista que está no exterior representa muito mais segurança. Sem falar que é o documento legítimo que o identifica internacionalmente. Claro que isso é uma escolha muito pessoal. Se o país não exige, muitos irão preferir levar o que já possui.

Quanto tempo vale a permanência como turista na Argentina?

A permanência como turista é válida por no máximo três meses (90 dias), renovável por uma vez por igual período. Se precisar renovar, precisa solicitar ao órgão responsável bem antes. Mas sempre vale a pena tirar o passaporte, pois você pode conseguir alguns benefícios em muitos países, como é o caso do Chile, onde você pode obter alguns descontos em impostos de hospedagem.

Quem viaja precisa saber todas as informações necessárias para uma viagem segura. Esperamos ter ajudado!

  • http://www.viagemdigital.com.br/ Viagem Digital

    Oi Ursolina, querida,

    Obrigada por seu comentário! Nossa! Que luxo! França três vezes! Uaaauuuu! Está na minha lista! Chique total! Deve ser lindo!

    Querida, quando fui para Buenos Aires, eu aluguei um apartamento. Não fiquei em hotel. Neste post aqui eu dou algumas dicas sobre hospedagem:

    http://www.viagemdigital.com.br/hospedagem-buenos-aires/

    Você também pode usar o Airbnb para encontrar um lugar. Você sabe o que é o Airbnb? Veja só:

    http://www.viagemdigital.com.br/airbnb-hospedagem/

    Não sei se é o seu estilo. Há quem prefira ficar em hotel.

    Eu também deixo aqui para você algumas dicas de pontos turísticos de Buenos Aires:

    http://www.viagemdigital.com.br/pontos-turisticos-buenos-aires/

    Sobre restaurantes, eu fui em alguns interessantes, mas eu só postei um no blog porque não lembro de todos, que está no post seguinte:

    http://www.viagemdigital.com.br/restaurantes-buenos-aires-babieca/

    O que sei é que no Recoleta, Palermo e San Telmo é repleto de restaurantes bacanas. Vale circular e achar algo que lhe agrada.

    Há alguns nomes que as pessoas dizem que são bons, mas não fui. São eles:

    – Segardi (fica em San Telmo)
    – Don Ernesto (para comer bife de chorizo e outros pratos)
    – Las Pizzarras Bistrô (Palermo)
    – Alvear Hotel (brunch famoso)
    – La Cabrera (popular entre os turistas)
    – Cabaña Villegas (Puerto Madero, para comer parrilla)
    – Pani (Palermo, para tomar café da manhã)

    Querida, espero tê-la ajudado. Depois que for, volte aqui para contar as suas impressões da cidade. É sempre bom saber o que outros acham sobre o local.

    Beijinhos, querida.

    Cris.