Bem, meu povo, eis que eu volto a falar sobre o Atacama… E eu não canso de falar sobre esse lugar fantástico! Mandem-me de volta para o Atacama, minha gente!

Tenho reunido durante algum tempo dúvidas de muita gente que está interessado em visitar o Deserto do Atacama. Eu já “mandei” muitos amigos para esse lugar.

Portanto, no post de hoje quero tentar esclarecer essas dúvidas e facilitar o planejamento de viagem das pessoas que querem conhecer essa parte do Chile.

Lembre-se que qualquer dica de viagem precisa levar em consideração o estilo de cada pessoa e a opinião embutida.

Quantos dias devo ficar no Atacama?

Essa é a pergunta que mais ouvi e ouço. 5 dias. Esse é o tempo que considero ideal para realizar os principais passeios. É claro que há pessoas que fazem com mais tempo, outras menos. Isso também depende da disponibilidade de tempo e de dinheiro de cada turista. Você vai deslocar até o norte do Chile e vai ficar pouquinho? Penso que é mais vantajoso tentar realizar, pelo menos, os tours mais famosos do Atacama (aqueles que a maioria faz).

Como são os passeios para conhecer o Atacama? Qual a média de duração de cada passeio?

Os passeios são comprados em agências locais. As agências vendem os “tours” (falando grosso modo). A maioria dos passeios duram a metade do dia. Acontecem no período da manhã ou à tarde (antes ou depois do almoço). São pouquíssimos passeios que duram um dia inteiro. Ás vezes, dá para encaixar um pela manhã e outro pela tarde, mas, geralmente, o mais fácil é um por dia.

Viagem para Atacama

A viagem para o Atacama é um sonho de muitos. É uma viagem que dá para aproveitar de tudo um pouco, e se divertir bastante! (Foto: Wallpapers)

Vou ficar no meio do deserto no maior estilo do filme do Indiana “Jones”? Tem hotel lá? Como é a estrutura de San Pedro do Atacama? Existe internet no Atacama?

San Pedro do Atacama é bem estruturada, embora seja uma cidade mais rústica e simples. Há hotéis, supermercados, um caixa eletrônico para saques (daqueles que dá para sacar com o cartão de crédito), várias agências, lojinhas e existe até wi-fi na pracinha da cidade (perto da Igreja). Existe internet na maioria das pousadas, hotéis, albergues. Portanto, meu caro, não pense que vai ficar no Deserto no estilo “Indiana Jones”. O site VIAGEM DIGITAL já até trouxe as 7 dicas para escolher hospedagem no Atacama que pode ajudar. Mas, no Atacama não há hospital. Não lembro de ter visto farmácia.

O ônibus de Calama (onde fica o Aeroporto) até San Pedro do Atacama é seguro? Como chegar no Deserto do Atacama sem gastar muito?

Minha gente, é aquele estilo de ônibus convencional simples de viagem. Não tem frescurinhas. Dá para chegar tranquilo e feliz. Já postei as informações de como sair do Aeroporto de Calama e chegar até São Pedro. Vá de buzão sem medo de ser feliz. Não gaste com van que sai bem mais caro!

Qual a melhor época para ir ao deserto? Chove? No período da noite a temperatura é abaixo de zero? Faz muito calor mesmo? O sol é insuportável como dizem?

As melhores épocas do ano para visitar esse local são setembro a novembro, segundo os guias turísticos locais. Parece que de março a maio também é uma época bacana. Nessa época, o clima está mais ameno, o sol está mais agradável. Eu fui na primeira semana de novembro. Hoje vejo que foi uma excelente escolha! Em outras épocas as amplitudes térmicas são mais acentuadas, segundo muitos guias que conversamos. Inclusive, nesses períodos, a temperatura pode cair bastante no período da noite. Na época que fui, fazia friozinho, mas nem tanto. O Atacama é o deserto mais seco do mundo.

A água para beber é cara? O preço é bem maior que em Santiago?

Não. A média de preço do garrafão de água é praticamente a mesma.

Preciso treinar a resistência antes de ir? Vou cansar fácil se andar rápido ou correr? A altitude faz mesmo tanto mal?

Gente, como quase tudo na vida, isso é relativo. Cada organismo funciona de uma maneira. Mesmo com preparo físico, não dá para prever se a pessoa vai passar mal ou não. Eu lidei muito bem com a altitude. Só não me senti muito bem durante a Caminha em Pucará de Quitor, quando eu já estava lá no alto. Mas, foi algo de poucos minutinhos, rápido. Sobre correr, meu namorado tentou correr um pouquinho em uma outra região e sentiu um pouco mais também.

Quer compartilhar a sua experiência no Atacama? Possui alguma dúvida? Deixe tudo isso nos comentários!