Toda cidade possui aqueles lugares imperdíveis… E, hoje trago algo que faz parte do “essencial” de Vancouver. Um lugar que passa por todos os guias turísticos dessa metrópole e que, certamente, colabora para o charme da metrópole. É Granville Island!

Essa região é conhecida especialmente por seu famoso mercadinho (Granville Island Public Market)… Mas, há, também, muitos restaurantes bacanas, algumas opções de vida noturna, algumas lojas de novos designers, lojinhas de produtos diferentes, parques para aproveitar o dia e ter outra visão do lugar. E, ainda, aquela linda visão do outro lado da baía, que dá para sentar e aproveitar à vontade.

E, não podemos esquecer das obras dos famosos artistas brasileiros “Os Gêmeos” (Gustavo e Otávio Pandolfo) em seis silos gigantes (de 23 metros), que estão por lá esbanjando arte e que nos enche do mais puro orgulho brasileiro!

Viagem para Vancouver: Granville Island

Granville Island, em meados de 1800, foi uma região de fábricas, serrarias, galpões, armazéns de trabalhos com ferros. Foi um “parque industrial”. Tanto que o seu antigo nome era “Ilha Industrial”. Ciclos de enriquecimento e decadência marcaram a região. Após a 2ª Guerra Mundial a região ficou bem precária. E, foi “oxigenada”, remodelada na década de 1970 que culminou ao mais próximo do que ela é agora.

Granville Island Vancouver British Columbia

Do outro lado da baia. Que vista! (Foto: arquivo pessoal)

Hoje, Granville Island é turística, ponto de boa comida e, principalmente, fluxo de “novos” artistas. Esse último ponto em especial tem influenciado bastante a região, (re)configurando-a de uma forma bastante especial.

Para acessar a ilha, dá para ir de ônibus, de carro, de seabus, de barco… Escolha o seu melhor jeito de chegar.

Hospedagem em Granville Island

Um pouco da arquitetura de Granville Island. (Foto: arquivo pessoal)

Ponto turístico em Vancouver - Granville Island

A famosa entradinha com a plaquinha “Granville”. (Foto: arquivo pessoal)

Perto de Vancouver: sugestão para visitar Granville Island

A minha sugestão é, se for possível, acessar a região a pé. É uma caminhada belíssima para observar arquitetura, paisagem, curtir a cidade do jeito que ela é. Eu fui de Kitsilano. Mesmo para quem está em Downtown Vancouver não é longe.

Nos deparamos com o Creekside Park (desses “parques praças” de Vancouver), com uma arquitetura incrível da cidade, com barcos, vista do porto, com parada estratégica no Granville Island Public Market e a visita ao Ron Basford Park (mais um parque). Inclusive, desse último parque, é possível ter uma vista fenomenal da região. Vale a pena conferir! Foi maravilhoso fazer essa caminhada e poder apreciar tudo isso!

Viagem Canadá

Vista de uma das saídas do Public Market. (Foto: arquivo pessoal)

O que conhecer em Vancouver?

Uma área privada de moradias perto de Creekside Park. (Foto: arquivo pessoal)

Ron Basford Park - Granville Island

Suba no topo de Ron Basford Park pra uma visão diferente de Vancouver. (Foto: arquivo pessoal)

Passeio em Granville Island

Personal trainer de remada. Achei o máximo isso! (Foto: arquivo pessoal)

Alguns dizem que não importa quantas vezes você vá, sempre há algo a ser descoberto nessa “ilha”. E, realmente, dá vontade de ir muitas vezes. Eu fui duas vezes no tempo que estive em Vancouver! Bem, agora, quero abrir um lugar especial dentro do post para o Publick Market!

Granville Island Public Market

Eu, particularmente, adoro mercadinhos… De rua, de lugares fechados, toda e qualquer concentração social que compartilhe cores, sabores, prazeres idílico, urbanos, descolados, comidinhas, algo tradicional, pessoas circulando.

Quanto tempo gasta aqui? Nós gastamos uma manhã, mas depende se vai comer, se vai apenas visitar.

Quando frequento esse tipo de lugar, gosto de pegar algo para comer local e observar o movimento, as pessoas, ali de um jeitinho de perto, de longe, que é aquele momento “tão meu”. Não sei se alguém se sente assim. Gosto até de ficar comigo, sem conversar com ninguém. Por isso, não repare se estiver comigo e eu ficar só observando…

Granville Island Public Market

Aconchegante e relativamente barato. (Foto: arquivo pessoal)

Onde comer em Vancouver

Cerejas frescas. (Foto: arquivo pessoal)

Comer em Vancouver

Raspberry. (Foto: arquivo pessoal)

Comidinhas de Vancouver

Amoras. (Foto: arquivo pessoal)

Lugares para comer em Vancouver

Gooseberries, se não estiver enganada. Ela é azedinha. (Foto: arquivo pessoal)

Blueberry Vancouver Canadá

Blueberry. (Foto: arquivo pessoal)

E, o Granville Island Public Market é como se fosse um mercado central. Confesso que quando o coloquei no meu roteiro, estava com um pouco de preconceito e pensei que era aqueles “lugares pra turista”. Sabe como? Descobri que grandes ‘chefs’ de cozinha de Vancouver compram por aqui nesse mercadinho.

E, não precisou permanecer muito tempo para ver canadenses comprando legumes, verduras, frutas. Ele tem uma “pegada turística” sim, mas não é só isso. E, o melhor: os preços não são tão superiores por ser um mercado central, como ocorre em muitas outras cidades, como São Paulo, Madri, por exemplo. Se alguém pergunta: – “Onde comer em Vancouver com preço justo?”. Respondo: “- Vá no Granville Island Public Market!

Public Market Vancouver - Comidas

Pães artesanais. (Foto: arquivo pessoal)

O que fazer em Vancouver

Pães quentinhos. (Foto: arquivo pessoal)

O que conhecer em Vancouver

Tortinha de frutas do mercado. (Foto: arquivo pessoal)

Passeio em Vancouver

Tortinha de chocolate com nozes. (Foto: arquivo pessoal)

Dentro do mercado, há bares, restaurantes, docerias, lojinhas que vendem o famoso “Maple Syrup” (aquele meladinho canadense). Você vai ter oportunidade de experimentar e/ou comprar frutas locais, verduras, peixes, carnes, queijos, pães. É uma comidaria danada! É até difícil selecionar o que quer! A vantagem da hospedagem via Airbnb é poder comprar “coisinhas” pra preparar em casa, né? Imagine comprar alguns camarões e prepara-los deliciosamente? Nhac! Adoro!

O que visitar em Vancouver

Tortinha de blueberry. (Foto: arquivo pessoal)

|Tortinha de blueberry|

Viagem Vancouver

Legumes diversos. (Foto: arquivo pessoal)

Passeio em Granville Island

Camarões e alguma outra coisa empanados. (Foto: arquivo pessoal)

Granville Island Public Market - Vancouver

Cactos e Suculentas do mercadinho. (Foto: arquivo pessoal)

Parece que algumas frutas vem de uma região chamada “Fraser Valley”, Okanagan Valley.

Fiquei estarrecida com a limpeza desse mercado. É tudo muito higienizado (noção de higiene ocidental, pois cada povo tem suas referências). E tudo muito fresco. Realmente, impressionante.

Pegue uma comida chinesa! Ou, quem sabe um pedaço de pizza? E, tem até cafés de várias partes do mundo para degustar na hora. Que delícia um que degustei da Guatemala com uma mordida em um pedacinho de pizza. Experimente, experiencie. Essa variedade de delícias é uma maneira de conquistar adeptos assíduos!

E, não se assuste se um show começar nos pátio do “Granville Island Public Market”. Há uma “enxurrada” de artistas de “rua” de alta qualidade, de deixar de “queixo caído”. Músicas, performances, melodias. É de se surpreender com tantos talentos. Imagine ouvir uma melodia de saxofone tocando aquele jazz que você adora? Pois, é! Isso acontece! Toda essa “vibe” nos irradia e nos traz algo fantástico, que certamente fará parte de minha memória de viagem desse lugar.

Por isso tudo e muito mais que você mesmo pode descobrir, esse é um lugar icônico de Vancouver.

  • http://www.telefonescelulares.com.br/ Alex

    Um ótimo lugar para passear num sábado de manhã e ainda fazer a feira!