Quem nunca passou algum problema para comprar passagem aérea?

E, imagine o desespero que dá se for passagem aérea internacional em promoção?

Já colocou todos os dados do cartão de crédito para fechar a compra e a transação não completa. Você sabe que possui limite no seu cartão, todas as informações já foram verificadas e tudo está preenchido corretamente, mas não ocorre o fechamento da compra.

Isso ocorreu com meu cartão de crédito Itaú Visa em uma compra de passagem. E, foi então que descobri que isso tem acontecido com muita gente. O problema pode ser o 3D Secure.

O que é o 3D Secure?

Quando alguém vai efetivar uma compra no cartão precisa preencher: dados do número do cartão, nome e colocar o código de verificação (que fica atrás do cartão). No entanto, esse processo simples está muito suscetível à fraudes.

Então, muitos bancos, administradoras de cartão de crédito e comerciantes passaram adotar o método 3D Secure para compras on line. Esse processo protege contra o uso não autorizado do cartão de crédito. Pode ser adotado para cartão de débito.

Muitas lojas, agências de viagens on line e companhias aéreas estão tornando essa tecnologia obrigatória para a efetivação da compra. Para que a compra seja feita com esse tipo de segurança, tanto a loja virtual e o cartão precisam ter adotado essa tecnologia.

O 3D Secure da Visa é chamado de Verified by Visa. Em muitos casos, a adoção por parte desse sistema pelos bancos tem ocorrido de forma natural e compulsória, sem custo para o cliente.

O 3D Secure da Mastecard chama-se SecureCode.

Leia mais: Vantagens de programar uma viagem

Verified by Visa para a compra de passagem aérea

Como funciona o Verified by Visa?

É só preencher os dados normais do cartão, que normalmente são pedidos para qualquer compra. Em seguida, quando for dar sequência à compra, o sistema da Visa – “Verified by Visa” manda para outra janela, que será solicitado algum outro dado referente ao banco que você pertence. Não tem que instalar nada!

No meu caso, a janela que apareceu foi uma janela do banco Itaú e solicitado o número do iTokien Itaú. E, no seu banco, como é? É assim também?

Soube disso tudo quando estava tentando fazer uma compra de passagem aérea pela United Airlines e não estava dando certo. A compra não completava. Tudo estava certo.

Eu sei que muitas vezes é preciso ligar para a operadora de cartão de crédito para habilitar o “Verified by Visa”.

No meu caso, a operadora informou-me que o 3D Secure já estava habilitado. Após não der dado certo, refiz todo o processo de novo – de selecionar os voos, preencher dados do passageiro, marcar assentos, preenchimento dos dados de pagamento. E, então, fiz a verificação “Verified by Visa” e deu tudo certo na compra da passagem aérea!

Quis compartilhar isso no Viagem Digital porque um dos motivos para uma compra de passagem não dar certo pode ser isso.

As companhias aéreas que se preocupam mesmo com segurança adotam a tecnologia 3D Secure. É mais uma segurança na compra on-line com cartão. Não é mesmo?