Viajar sozinho pode ser uma experiência enriquecedora.

Cada vez mais, as pessoas possuem incompatibilidade de agendas e interesses distintos, o que faz com que viajar sozinho seja algo a ser considerado para quem quer curtir a vida e não quer perder o tempo livre dentro de casa.

Muitas pessoas sentem-se inseguras para viajar sozinho. De fato, é uma experiência desafiadora, mas também pode ser libertadora. Há muitas vantagens em viajar sozinho: fazer o próprio roteiro turístico, descobrir outras possibilidades da viagem (explorar outros lugares, conhecer pessoas), fazer o seu próprio planejamento (financeiro, hora de acordar, comer, visitar pontos turísticos) e pode aumentar a possibilidade de trocas culturais com a comunidade do destino visitado. Sem falar que quando se viaja em grupo, nem sempre é fácil administrar todos interesses de viagem.

Aspectos de viagem sozinho

Viajar sozinho ou, quem sabe, na companhia de um bichinho de estimação? Seja como for, dá pra aproveitar muito bem a viagem. (Foto: divulgação)

Para onde viajar sozinho?

Quase todos os destinos são possíveis viajar sozinho. Escolher o lugar, a pessoa deve considerar os seguintes aspectos:

Gosto de viagem: respeitar o que a pessoa gosta. Turismo de aventura? Cultural? Praia? Religioso? Qual é o seu tipo de viagem preferido? Não adianta “forçar a barra”. O destino deve considerar esse aspecto.

Estilo de vida (hobbies, atividades, interesses): determinante para escolhas de passeios turísticos e atividades de viagem. O que costuma fazer no tempo livre? É uma pessoa com hábitos esportivos? Que tal um destino para esquiar? Ler e sossego? Que tal uma praia do Caribe? Faz o estilo “mochileiro”?

Tempo livre: antes de começar a traçar a sua lista de possíveis destinos, pense quanto tempo tem disponível para a sua viagem.

Orçamento de viagem:uanto tem para gastar com a viagem?

Esses são elementos essenciais para definir para qual lugar de viagem de férias. Após responder essas perguntas, comece a traçar a sua lista de destinos. Eleja o destino com maior afinidade ou que lhe desperta mais curiosidade.

Como planejar uma viagem sozinho?

Depois disso, só começar a planejar a viagem sozinho!

Hospedar-se em albergues pode propiciar interações com outros viajantes sozinhos de todo o mundo.

Mari Campos do “Saia pelo Mundo”, acredita que embarcar em um Cruzeiro pode ser um ótimo para uma viagem só. Divirta-se no “Independent Traveler” e saiba sobre outras experiências e destinos. Conecte-se com os viajantes solitários. No “Viaje na Viagem“, de Ricardo Freire, até descobri um guia para viajar sozinho que fiquei curiosa.

O site VIAGEM DIGITAL traz algumas dicas de destinos para ir só: Buenos Aires (cheia de ofertas culturais), Punta Cana (all included, sombra e água fresca), Deserto do Atacama – Chile (experiência única), Austrália (para quem curte esportes radicais), Rio de Janeiro (maravilhosa e cheia de graça), cidades históricas em Minas Gerais (desvendar a cultura sozinho não tem preço), São Paulo (cultural, agitada e cosmopolita).

Vai viajar sozinho? Saiba também sobre os 10 cuidados para viajar sozinho!

Imagem:
Olnnu (Wikimedia Commons)

  • Lucia

    Gostaria de inserir em grupos para viagem com destino Brasi e Internacional. Grata Lucia

    • http://www.viagemdigital.com.br viagemdigital

      Querida,

      Não conheço ainda esse tipo de grupo no Brasil. Vou descobrir e lhe falo! Beijoconas.