Continuo mostrando os passeios no Deserto do Atacama.

Quem vai fazer uma viagem para o Chile e quer ver algo diferente, precisa ir para essa parte do país.

De todos os tours que as pessoas compram para essa região, esse é daquele tipo tradicional, que todo mundo precisa fazer. Valle de La Luna e Valle de La Muerte.

Esse é um passeio para observar a paisagem, as formas impressionantes do relevo, as esculturas naturais…

É sentir um pouco do que é a chamada Cordilheira do Sal, ver o deserto mesmo…

Geralmente, as agências de turismo de San Pedro de Atacama organizam esse tour no período da tarde (por volta de  15:00 até 19:00h). Esse passeio é muito bonito, gente!

Passeio no Atacama: Valle de la Luna

Deserto do Atacama: Valle de la Luna

O passeio começa no Valle de La Luna. Uma caminhada leve. Carregue água, use óculos, boné. Costuma ser um passeio com um solzinho na cabeça e calorento. O nome Valle de La Luna é por que há uma certa semelhança com a superfície lunar. Há “fofoquinhas turísticas” que a Nasa já chegou a testar equipamentos nessa região. Observe o relevo, sinta o vento, o sol, escute o barulhinho das pedras que caem o tempo todo…

Na sua mochila, não esqueça de levar blusa de frio! Isso mesmo! Depois o passeio continua em direção ao Valle de La Muerte e como já é fim de tarde, a inversão térmica do deserto começa a ser sentida. Começa a fazer um friozinho…

Passeio no Atacama: Valle de la muerte

Deserto do Atacama: Valle de La Muerte

 Na minha opinião, esse é uma passeio que deve ser incluído no roteiro. Um passeio tradicional do Atacama.

É claro que depois de fazer alguns tours, como o Geysers del Tatio (clique), as Lagunas Altiplanicas e, até mesmo, Lagunas Cejar + Tebinquiche, nós começamos a já não ver tanta graça em Valle de La Luna + Valle de la muerte. Não se engane! É um lugar totalmente singular, diferente de tudo que existe nesse planeta!

Imagens:
©Viagem Digital