Puerto Madero é o bairro mais jovem da cidade. De maneira geral, os portos situados em Buenos Aires estão vinculados com o nascimento e o desenvolvimento da cidade. O porto passou por períodos de prosperidade e decadência. Toda a região passou por uma revitalização na década de 1990. Isso modificou todo o traçado urbano e trouxe uma impressionante “renovação” do bairro. Essas mudanças trouxeram uma outra perspectiva turística para a capital, especialmente para esse lugar.

Puerto Madero atraiu novos negócios e se transformou em uma região turística de bares, restaurantes, hotéis, eventos e muitas outras atrações. Se você vai à Buenos Aires não pode deixar de conhecer essa região fascinante.

A minha sugestão é usar o ônibus turístico de Buenos Aires e andar de maneira despretensiosa para conhecer. Prepare o seu olhar! A região é muito linda!

Restaurantes, bares, danceterias e cassino em Buenos Aires

Você vai ver esculturas (Fonte das Nereida), conhecer a famosa Ponte da Mulher (Puente de La Mujer)… Pode tomar uma cerveja e comer em um dos fabulosos restaurantes de Buenos Aires. Puerto Madero é conhecido por seus restaurantes que oferecem maravilhosas carnes. Essa é uma ideia para o dia, mas você pode ir outro dia no período da noite e sentir todo o fervor da noite.

As melhores baladinhas estão aqui. Várias danceterias para curtir a noite adoidado. Quem quiser testar a sorte, pode até ir ao cassino – Casino Puerto Madero. Para quem não sabe, cassinos são liberados na Argentina. Quem disse que você precisa ir para Las Vegas para jogar? Tem cassino logo ali!

Cassino em Buenos Aires

Talvez aqui seja o lugar que o turista corra o risco de gastar mais dinheiro, dependendo do que ele escolhe fazer. Claro que dá para passear, andar, almoçar bem e não gastar tanto.

Se o seu negócio é curtir a noite,  vale reservar dinheiro para ir a uma danceteria de Puerto Madero.

Puerto Madero é tudo de muito bom!

Imagem:
© Viagem Digital

  • Pingback: Buenos Aires: Ponte da Mulher (Puerto Madero)

  • http://www.viagemdigital.com.br/ Viagem Digital

    Indira,

    Obrigada por seu comentário!

    Não sei lhe informar porque não fiz esse tipo de passeio. Sobre bebidas, o preço era mais barato que de bares no Brasil.