Feriado no Brasil, o dia 12 de outubro é Dia das Crianças e muitos pais resolvem viajar com os filhotes. A viagem da criança precisa unir três aspectos fundamentais: a diversão da criança, o descanso dos pais e a segurança. O meio de hospedagem precisa ser capaz de atender essas demandas e tornar a viagem inesquecível.

O Viagem Digital traz algumas dicas para se escolher a hospedagem ideal para as crianças. Leia:

1. Planeje a viagem com antecedência. Se antecipando, é possível conseguir melhores preços, determinar os gastos de viagem e encontrar lugares que atendam às necessidades da família. Em feriados, em geral, tudo fica lotado e o preço sobe. Com planejamento, consegue-se bons preços. Comece a planejar com dois meses de antecedência no mínimo.

2. Considere pagar um pouco mais. Uma meio de hospedagem familiar, muitas vezes custa um pouco mais caro por causa de algumas comodidades, como frigobar no quarto, lavanderia, utensílios específicos, berços e, até mesmo, serviço de babá/monitor para crianças.

3. Verifique a avaliação de outros clientes. Ler as críticas e elogios de outras pessoas que ficaram hospedadas no lugar é fundamental. No Google Maps existem resenhas postadas por clientes sobre alguns meios de hospedagens que estão cadastrados no mapa da região que a pessoa está pesquisando do mundo todo.  Procure críticas em sites, fóruns e blogs. Esse tipo de avaliação é essencial para escolher.

4. A localização é importante. Viajar só e viajar com a família é muito diferente. Pesquise sobre bairros mais seguros, de fáceis acessos aos locais que você quer visitar e que não tenha que caminhar muito. Crianças não aguentam andar distâncias muito grandes.

Viagens Familiares

5. Selecione meios de hospedagens com facilidades para crianças. Parques, piscinas, áreas de lazer, monitores que ficam com as crianças, recreação, lavanderia e elementos de segurança que atenda às necessidades infantis (como proteção nas janelas, salva-vidas na piscina).

7. Programação para crianças. No feriado de Dia das Crianças, muitos meios de hospedagens desenvolvem uma programação especial que inclui brincadeiras, recreação e diversas outras atividades para os pequeninos.

8. Preços melhores para os pequenos. Vários meios de hospedagens cobram a metade na diária e na refeição dos pequenos. Em alguns casos, há promoções especiais para crianças.

9. Considere alugar um lugar se a estadia for mais longa. Para viagens de mais de 6 dias, essa é uma alternativa que pode tornar tudo mais barato, especialmente porque é possível cozinhar uma ou outra refeição, fazer lanches. Com isso, se economiza. O próprio preço, se comparado às diárias de hotéis, por exemplo, são mais vantajosos.

10. Não deixe as crianças soltas no mundo! O meio de hospedagem pode dar uma excelente estrutura para atender às necessidades familiares, mas a responsabilidade sobre as crianças é dos pais. Existem pais que simplesmente se esquecem da vida e das crianças com os monitore nesses locais. O meio de hospedagem dá apenas apoio. É possível unir descanso e cuidado com os pequenos. Quem é o mais responsável pela segurança e a vida das crianças são os pais.

Gostou dessas dicas? Dê a sua dica para viajar com crianças! Participe!

Deixe a sua opinião nos comentários.

Imagem:
Hotels