Continuando a saga da viagem do Chile

Valparaíso fica cerca de 120km aproximadamente de Santiago. Uma cidade declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Dito isso, já dá para imaginar que ela possui muita história impressa em sua arquitetura, ruas, paisagem… Por outro lado, por ter esse título tão importante, a cidade poderia ser melhor cuidada. Muito lixo, muita pichação por toda a cidade. A cidade é suja. Quem anda bastante por ela, vê isso. Isso é verdadeiramente decepcionante.

O intuito inicial era passarmos apenas uma noite.

No entanto, foi necessário estender a estadia e passarmos 2 noite, já que chegamos em Valpo no finzinho da tarde (já estava escuro, não dava para visitar muita coisa, ver a Casa do Neruda…).

Há muitas maneiras de chegar à Valpo. Muitas agências fazem excursão de um dia, mas lógico, sai mais barato você ir por conta própria. Nós escolhemos alugar um carro no Chile para visitar essa parte.

Tenho amigos que foram de ônibus, saindo da rodoviária mesmo. É muito fácil se locomover e chegar até esse local.

Valparaíso (Chile)

Ruas de Valparaíso

A arquitetura de Valparaíso é única. Por isso, um dos melhores passeios é andar sem compromisso pelas ruas, tirar fotos…Ver as casinhas coloridas. Caminhar… Caminhar… Caminhar…

É tudo muito diferente… Um misto de Olinda com Ouro Preto (falando muito vulgarmente). A própria região do Porto é muito bonita. E para quem nunca viu um navio enorme de perto, pode ser uma experiência bacana.

Pontos Turísticos de Valparaíso: Porto e Feirinha

Região do Porto + Feirinha

Sem sombra de dúvidas, um dos pontos turísticos de Valparaíso mais incríveis é a Casa do Neruda (escritor chileno). Neruda era incrível não só por seus escritos, mas por suas casas que são verdadeiras obras de artes.

Além de Valparaíso (Casa La Sebastiana), é possível visitar suas casas em Santiago (La Chascona) e Isla Negra. Uma forma de conhecer mais uma face desse autor maravilhoso.

Passeios em Valparaíso (Chile)

Arquitetura de Valparaíso (região do Porto)

Outra coisa divertidíssima é andar de ascensor (uma espécie de elevador que nos leva da parte alta à parte baixa e vice-versa). O mais famoso é o Ascensor Concépcion (o mais antigo da cidade).

Tem uma feirinha muito simpática e famosa aos sábados! Feria de Antiguedades La Merced (que fica na Plaza O’Higgins). Muita antiguidade e muito souvenir. Os preços não são baratos.

Casa do Neruda em Valparaíso + Ascensor

Valparaíso: Ascensor + Casa do Neruda

A gastronomia é algo que vale muito a pena em Valparaíso, embora não seja barato. Esse é um lugar propício para tomar um vinho ou o famoso Pisco Sour.

Um restaurante em Valparaíso que recomendo é o Restaurante Allegretto. Nós comemos um risoto de camarão com palta (abacate chileno) que foi uma grande revelação. Experimentar sabores diferentes é sempre muito bom. E o melhor: preço justo!

Gastronomia em Valparaíso (Chile): Restaurante Allegretto

Restaurante Allegretto

Sobre hospedagem em Valparaíso, a cidade oferece muitas opções para todos os bolsos e gostos. Os albergues são de altíssima qualidade (e nem parece albergues) e com preços excelentes.

Digo isso, por que os albergues no Brasil (na maioria das cidades, exceção para o Rio) são verdadeiras piadas para viajantes!

Hospedamos no Hostal Barrio Paraíso, em Cerro Concépcion (onde tudo acontece). Não oferecia café da manhã, mas a cidade estava lotada e não reservamos. Sem falar que negociamos um preço excelente!

No balanço de toda viagem, Valparaíso foi uma cidade que decepcionou um pouco. Todo viajante possui uma cidade que é muito menos do que pensava (especialmente por causa da publicidade de viagem). Eu achei a cidade mal cuidada, com problemas de segurança (coisa que não senti em Santiago) e muito suja. Merecia mais cuidado… Mas, é claro que não dá para deixar passar! A Casa do Neruda é tudo de bom e mais um pouco. Visitá-la é uma experiência inexplicável…

Imagens:
© Viagem Digital